ARTIGO | A importância da confiança no trabalho em time

GEORGE NECYK
Consultor e coach do EcoSocial

O trabalho em time tem se revelado uma tendência geral na forma de organização do trabalho nas organizações, em especial, quando inovação e criatividade se mostram tão necessários, como nos tempos atuais.

O time pressupõe um conjunto de pessoas que precisam colaborar para realizar uma entrega, pela qual mutuamente se responsabilizam. A vantagem de se trabalhar em time é o potencial de sinergia que esta forma de organização pode proporcionar.

Ao alcançar sinergia, a atuação conjunta do time gera mais resultado do que a soma da atuação individual de seus membros. Sinergia tem a ver com a conjunção de energias em prol da entrega. Mas, ao contrário, as energias podem ser dispersas se as condições apropriadas não estiverem presentes no time.

A experiência tem comprovado que a base para a sinergia é a confiança que se estabelece entre os membros do time.

Não apenas a confiança mútua na capacidade técnica de cada membro. Ou, ainda, na expectativa de cada um irá cumprir com sua parte da entrega. Mas uma confiança com base em uma crença comum de que o ambiente do time é seguro para que os membros possam se arriscar nas relações interpessoais e grupais.

Que, no time, o indivíduo possa ser ele mesmo, de que ele possa se manifestar sem receio de repercussões negativas para sua imagem, seu status no grupo ou para sua carreira.

A esta condição do time denomina-se, tecnicamente, de segurança psicológica. Quando ela não está presente, consciente ou inconscientemente, os membros do time gastam energia em se proteger ou defender, ao invés de trocar, criar e produzir.

Filtram ou bloqueiam informações que podem ser importantes para o trabalho do grupo por medo de serem mal entendidos e julgados.  Escondem seus erros e fraquezas. Hesitam em pedir ou em oferecer ajuda. Não aprofundam as conversas e experiências, por julgarem precipitadamente, ou temerem o julgamento.

Ou seja, não é verdadeiramente um time, mas um grupo disfuncional, que não entrega, atrasa, ou que entrega, mas com muito custo pessoal.
Um time que alcançou o estágio de sinergia direciona toda sua energia para a tarefa. Mais do que isso, é capaz de construir em cima das contribuições individuais dos colegas e vislumbrar soluções em conjunto, que não seriam possíveis quando cada qual está preso ao seu ponto de vista particular.

Soluções emergentes, inovadoras e criativas, se tornam possíveis. O time se torna um verdadeiro ente coletivo.

O Team Coaching, como abordagem de desenvolvimento de times, visa acelerar o processo de sinergia do time, auxiliando o time a perceber os padrões de comportamento que minam a confiança.

Ao tomar consciência, o time pode, soberanamente, combinar novas formas de se relacionarem que favoreçam um ambiente de comunicação aberta e autêntica, contribuindo, portanto, para seu alto desempenho.

GEORGE NECYK
george.necyk@ecosocial.com.br
Compartilhe >
Instagram Linkedin Facebook