O Desenvolvimento Organizacional em pequenas e médias empresas

Um dos grandes desafios para os donos de pequenas e médias empresas é acreditarem que precisam de um trabalho de Desenvolvimento Organizacional. Muitos negam ou desconhecem a importância da ferramenta, pois consideram que, se deram conta da administração sem ela, podem manter a empresa nos trilhos no futuro.
Esta posição implica em outro desafio: enxergar que existem novas maneiras de viver o negócio, saindo da “fase pioneira”, onde os processos são executados como se a empresa estivesse começando. Ou seja, não é porque a empresa atua há 50 anos que ela irá atuar pelos próximos 50 se não reformular e atualizar seus métodos de gestão.
 
A informalidade das pequenas e médias empresas também tende a aumentar os níveis de conflito entre colaboradores e gestores. “Quando não existem processos comuns nem acordos sobre como as coisas devem ser feitas (cenário comum em pequenas e médias), florescem os posicionamentos estratégicos pessoais que buscam autoria dos resultados bons e afastamento dos ruins”, afirma Gleice Marote, consultora do EcoSocial que utiliza no processo de Desenvolvimento Organizacional metodologias que incluem o team coaching, o team building, o Modelo Quintessência Organizacional e a comunicação compassiva.
 
Assim, o trabalho de Desenvolvimento Organizacional se constitui não só em algo possível, mas essencial para a estruturação, atualização e crescimento de pequenas e médias empresas, que reconhecem o que está acontecendo no mundo e de que forma isso afeta o seu negócio. Cada vez mais, start-ups e empresas, familiares ou não, de até 200 funcionários, despertam para esta necessidade e oportunidade.
 
Encontrar o líder da empresa, desenvolver o time, desenvolver a organização fazem parte do tripé do trabalho de Desenvolvimento Organizacional. O tempo de implementação varia de acordo com o número de pessoas na empresa e o nível de preparo dos envolvidos. No entanto, varia de um ano e meio para aquelas com até 200 pessoas; 7 a 8 meses, para empresas com até 50 colaboradores; e cerca de 3 meses para as menores, como as start-ups.
 
CARACTERÍSTICAS E BENEFÍCIOS  DO
DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL
EM PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS:  
  • O trabalho é estruturado com a participação direta das pessoas envolvidas: líder e time.
  • O processo costuma ser bastante efetivo e mais ágil, em razão da maior flexibilidade existente para se ouvir todos ou pelo menos a maior parte dos colaboradores envolvidos na construção do projeto.
  • Há maior possibilidade de se criar facilmente uma Governança.


Compartilhe >

EcoSocial

Newsletter

Linkedin Facebook